Bruno Krasnoyev: Rachel Sheherazade está certa ao defender justiceiros

 Rachel Sheherazade

 

Cansei. Realmente cansei dos meus colegas, inclusive alguns aqui no próprio R7, que ficam defendendo o direito desses bandidos. O Sindicato dos Jornalistas repudia a fala de Rachel. Acho isso cansativo demais. O que Rachel fez demais? Ela, simplesmente, disse o que todos nós gostaríamos de dizer: chega de proteger criminosos. Quem já foi assaltado ou já teve uma arma na sua cara sabe bem o que estou falando.

A polícia, qualquer polícia, não pode nem dar uma “pegada” mais forte num sem vergonha “de menor” que, imediatamente, surge um bando de jornalistas e defensores dos direitos humanos metendo o pau nos policiais. Querem o quê? Querem que esses marginais sejam tratados a pão de ló?

O grupo que prendeu o ” marginalzinho” no Rio de Janeiro agiu porque não confia mais na polícia. Não confia mais nesse bando de políticos, que só sabem se proteger e fazer leis para eles mesmo se beneficiarem. O que aconteceu no Rio é apenas o começo. Se a violência continuar do jeito que está outros grupos surgirão. A sociedade brasileira não suporta mais tanta violência. Se você sair por aí perguntando aleatoriamente a cada brasileiro o que ele acha disso tudo, tenho certeza absoluta que a imensa maioria vai concordar com Rachel Sheherazade.

Volto a repetir: ela só verbalizou o que está entalado na garganta de todos nós. Bandido precisa ser tratado como bandido. E os meus colegas jornalistas precisam olhar com mais atenção às vítimas. Para essas, sim, é que os defensores dos direitos humanos devem olhar.

Mas, no Brasil, só assassino tem a companhia dessa turma de direitos humanos, que recebem toda atenção da mídia brasileira. Chega. Cansei. Cansei desse pessoal e dos jornalistas que não conseguem enxergar o desastre da nossa segurança e que só escrevem e falam para defender os direitos desses marginais.

Tá lendo por quê? Se você não gostou, adote um bandido você também.

Fonte: R7

 



 

This entry was posted in Artigos, Liberdade de Imprensa, Opinião, Uncategorized and tagged , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

Comments are closed.